SABIA QUE O CORONAVIRUS PODE DAR ESTABILIDADE NO EMPREGO? - Professor Emerson Lemes



No penúltimo final de semana de março o Governo Federal publicou a Medida Provisória nº 927 (que teve um artigo revogado no dia seguinte pela MP 928). Todo o barulho ficou centrado no assunto do artigo revogado, e passou batido o resto do texto. Ninguém percebeu que a adoção das medidas previstas na MP leva à ESTABILIDADE NO EMPREGO! Vamos ver?

O artigo primeiro é claro ao dizer o objetivo da Medida Provisória: “Esta Medida Provisória dispõe sobre as medidas trabalhistas que poderão ser adotadas pelos empregadores para preservação do emprego e da renda e para enfrentamento do estado de calamidade pública […]”. Ou seja, o motivo principal da medida é permitir que os empregadores adotem medidas para preservar empregos (e consequentemente a renda) de seus empregados. Todo o resto da MP deve ser lido a partir desta premissa: o objetivo é preservar os empregos dos trabalhadores. O artigo segundo da MP confirma isso, ao dizer que “Durante o estado de calamidade pública a que se refere o art. 1º, o empregado e o empregador poderão celebrar acordo individual escrito, a fim de garantir a permanência do vínculo empregatício”. Do artigo 3º em diante o texto apresenta uma série de medidas que as empresas poderão adotar no período da calamidade. Vale dizer que o Decreto Legislativo nº 6/20 estabeleceu estado de calamidade pública até 31.12.2020.

Sobre as medidas que as empresas poderão tomar, eu gravei três vídeos, e você pode acessá-los aqui:

– Vídeo 1: https://youtu.be/SXrIX_UYmBA

– Vídeo 2: https://youtu.be/bZVi13xvMDI

– Vídeo 3: https://youtu.be/Y49GwxgKh_I

São vídeos curtos, com duração máxima de 15 minutos (o mais longo deles), em que eu explico rápida e resumidamente a MP.

Nos vídeos você vai ver umas referências à “censura”. Explico: uma entidade de classe me convidou para gravar estes vídeos, gratuitamente. Gravei, mandei para eles, e comuniquei que também publicaria nas minhas redes sociais. Depois que já estava publicado, divulgado, etc, eles resolveram me mandar “tirar a logo” deles dos meus vídeos, dizendo que eu não tinha autorização para usar a logo deles. Poxa, eles me convidaram! Então, tive que tirar os vídeos do ar, mas no formato que foi gravado não dava apenas para “retirar a logo”, então tive que colocar estas tarjas pretas que você verá no vídeo. Lamentável. O que não faz o ego de certas pessoas, não é mesmo? Ainda bem que não dependo de tal entidade…

Recomendo também que você leia o texto da Medida Provisória, disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2020/Mpv/mpv927.htm.

Um abraço, boa quarentena e até a próxima!

2 Comentários

Valber

Excelente estudo

Reply

ANGÉLICA MARQUES

Eu estava perdida, precisava de uma aula ou ler algo para motivar meu entendimento.
Passando pelo google, sem mais esperança achei sua aula.
Parabéns pela lúdica e sensacional explicação, e o que mais me surpreendeu, foi a simplicidade e clareza. Parabéns!!!!

Reply
Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *